Móveis

Toldos móveis

Toldo móvel

Os toldos retráteis são indicados para proteção de ambientes onde há incidência de luz solar em um dos períodos do dia. Também pode ser desenvolvido com a função dupla "toldo x cortina" para fechamento de áreas reduzindo a ação de chuva e vento.

Devido a possibilidade de recolhimento o tecido tem maior durabilidade, postergando a sua troca. Sua aplicação interfere muito pouco na fachada de residências, mantendo a originalidade do projeto arquitetônico.

Quando instalado evita a entrada de chuva e do vento. O ambiente permanece mais aquecido. Se utilizado um material transparente (Visor Cristal) a iluminação permanece próxima de até 95%. As coritnas não vedam 100% do ambiente, pois há a necessidade de transpasse entre elas de no mínino 20 cm para uma proteção de 85% da ação da chuva e de 75% do vento.

É um forte elemento arquitetônico para criar espaços mais aconchegantes em noites chuvosas ou fias. Há a necessidade de transpasse mínimo de 15 cm para cada extremidade do vão a ser coberto, no caso de portas e janelas, para garantir a proteção do ambiente.

Toldos em policarbonato

Manutenção

A limpeza dos toldos deve ser feita com produto biodegradável (detergente neutro) aplicado em uma esponja macia, pois no lado externo do laminado é aplicado um verniz que o protege da ação agressiva dos raios UV. O uso de material abrasivo ou um solvente, assim como o uso de lavadores de alta pressão poderá remover tal proteção reduzindo sua vida útil em 50%.

Lave-o sempre à sombra, de preferência pela manhã, quando os raios do sol não atingiram o toldo. As lonas acrílicas (Poliéster) também devem ser lavadas à sombra, pela manhã e apenas com um jato moderado de água. Não utilizar lavadores de alta pressão e nehum tipo de esponja. É permitida uma limpeza mais efetiva na parte interna do toldo. A necessidade de troca de tecido ocorre entre seis e oito anos após a data de instalação.

Toldos móveis para proteger e decorar ambientes